O que não devemos responder à nossa chefia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Mais do que a valorização da hierarquia focamo-nos aqui na forma como devemos olhar para o trabalho e, por isso, apresentá-lo à respetiva liderança. O potencial pessoal deve ser valorizado, mas o gosto e motivação pelos resultados também. Então, durante o trabalho devemos evitar comentários como:

“Isso não faz parte das minhas funções”

E que tal substituíres por “Quero ajudar, mas se o fizer não entrego este outro projeto a tempo” ou “Tenho este tempo disponível entre projetos. Como posso ajudar?”

É bom para o desenvolvimento do perfil profissional participar noutras atividades não pertencentes, à primeira vista, à função que desempenhamos habitualmente. Deste modo é possível aprender sobre outras áreas e sobre o funcionamento da própria organização. Mas, se para o fazer, estivermos a colocar o trabalho e funções designadas em causa, isto deve ser do conhecimento da chefia. Deste modo conseguimos perceber quais as prioridades.

“Isso vai ser impossível”

“Posso dar uma ideia?! Porque não fazemos antes assim?” ou “Penso que deste modo funcionará melhor porque (…)” Não soa melhor?

Uma atitude negativa não é saudável para ninguém. Além disso, qualquer chefia gostará de ver o conhecimento da sua equipa sobre o assunto que expõe e de ouvir propostas fundamentadas.

“A culpa não é minha”

Quando algo de estranho acontece numa organização é normal que mesmo que a culpa não seja tua, queiras distanciar-te do ocorrido. No entanto, de nada adianta “apontar o dedo”. Mostrar interesse em encontrar uma solução e não em encontrar um culpado, é a melhor opção.

“Não sei…”

É uma frase que, a maior parte das vezes, pode e deve ser completada! Como?

“Não sei… O que pode dizer-me sobre o assunto?”

“Não sei… Quais são as melhores fontes sobre o tema?”

“Não sei… mas vou investigar sobre isso!”

É importante assumir um espírito positivo, tanto pessoal como profissionalmente. Deves por isso acreditar em ti e na tua capacidade de aprender. Ninguém sabe tudo e isso não é um problema. O que pode gerar um problema é não ter interesse em saber mais, sobre determinado tema ou sobre vastos assuntos, isso dependerá da pessoa e da função que desempenha e perfil profissional que quer desenvolver.

Experimenta fazer esta mudança e verás que o ambiente de trabalho será propício para o desenvolvimento profissional de todos, não colocando ninguém em questão!

Mariana_Neto_Carmo
Mariana Neto Carmo
Marketing Analyst

Preparado para te candidatares às ofertas de emprego que temos para ti?

logo_blackx300

Quero estar a par das novidades

A Multipessoal poderá utilizar a informação que partilhas para te contactar sobre novidades ou campanhas de marketing. Por favor, confirma o teu interesse:
Podes cancelar a subscrição da newsletter a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails. Para obteres informações sobre a nossa Política de Privacidade, visita o nosso website.

Usamos o Mailchimp como plataforma de marketing. Ao clicares abaixo para subscrever, a informação será transferida para o Mailchimp para processamento.
logo_blackx300

Estamos totalmente disponíveis para resolver qualquer questão, basta entrar em contacto connosco!