Como se avaliam as soft skills em trabalho temporário?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Cada vez mais as soft skills são um tema… No que ao Recrutamento diz respeito, deve ter a sua quota importância quando são avaliados candidatos, da mesma forma que são avaliadas as suas competências técnicas para determinado cargo. Em bom rigor, as soft skills são tão ou mais importantes, na medida em que não são passíveis de ser analisadas num CV, são sim uma extensão do mesmo!

No mundo da Consultoria de Recrutamento, assumimos que reunimos as informações junto dos nossos parceiros sobre as necessidades de recrutamento, desde o perfil, às funções a desempenhar, passando pelas condições da oferta e, sobretudo, considerando a cultura organizacional onde se deverá inserir o candidato. Ora as competências que permitem o fit do candidato selecionado são as comportamentais. Não obstante, deve haver um equilíbrio entre hard e soft skills.

Na área do Trabalho Temporário, que é muitas vezes uma porta de entrada para oportunidades a longo prazo para os candidatos, devemos atribuir-lhe também essa conotação. A contratação de profissionais sem uma avaliação das suas competências comportamentais pode ter um impacto indesejável ao nível da sua produtividade. É aqui que o processo de Recrutamento pode, mais uma vez, marcar pela diferença.

A questão que se coloca é: como podemos colocar em prática esta análise, quando o core trabalhado não é o recrutamento especializado e considerando a volatilidade e rapidez com que os processos se desenvolvem?

Em primeiro lugar, partilhamos a premissa de encontrar os melhores candidatos para os nossos parceiros. A diferença são as ferramentas, que pelo tempo disponível ser invariavelmente reduzido, no recrutamento para trabalho temporário, muitas vezes se resumem a entrevistas de seleção. A boa notícia é que podemos sempre adaptar-nos!

Para tal, partilho um conjunto de práticas que ajudam na identificação de soft skills no processo de seleção:

Planeamento

  • Conhecer bem o perfil a recrutar, o nosso parceiro, analisar os CVs dos candidatos a entrevistar

Entrevista semiestruturada por competências

  • Reunir perguntas com base em situações vivenciadas em contexto laboral a aplicar na entrevista, mantendo a fluidez da mesma quando necessário
  • Se ajudar, construir um guião com questões e uma grelha de avaliação de competências
  • Evitar preconceitos e perguntas tendenciosas que influenciem o candidato a responder de forma politicamente correta
  • Analisar se o discurso coaduna com a comunicação não-verbal do candidato
  • Registar informações importantes da entrevista, para posterior avaliação

Dinâmicas de grupo

  • Desenvolver jogos e casos práticos

Importa ainda frisar que, como em qualquer outro tema que se relacione com Pessoas, este inclui a imprevisibilidade dos seus atos. Portanto, a verificação das softs skills é um processo contínuo e que à semelhança das hard skills requer o devido acompanhamento. Também aqui se centra o papel fundamental dos profissionais de Recursos Humanos. Estamos, afinal, um passo à frente dos robots!

Isabel_Ratado
Isabel Ratado
Gestora de Recrutamento

Preparado para te candidatares às ofertas de emprego que temos para ti?

logo_blackx300

Quero estar a par das novidades

A Multipessoal poderá utilizar a informação que partilhas para te contactar sobre novidades ou campanhas de marketing. Por favor, confirma o teu interesse:
Podes cancelar a subscrição da newsletter a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails. Para obteres informações sobre a nossa Política de Privacidade, visita o nosso website.

Usamos o Mailchimp como plataforma de marketing. Ao clicares abaixo para subscrever, a informação será transferida para o Mailchimp para processamento.
logo_blackx300

Estamos totalmente disponíveis para resolver qualquer questão, basta entrar em contacto connosco!