Construção: empresas do Médio Oriente e África procuram profissionais portugueses

24 de Novembro de 2015

Os profissionais portugueses da área da construção estão a ser procurados por empresas do Médio Oriente e África com salários médios anuais entre os 25 e 50 mil euros, conclui o Market Survey, levado a cabo, pela primeira vez, pela Msearch.

Segundo a experiência da empresa portuguesa, as funções mais procuradas são diretores de obra (salário médio anual de 50 mil euros); Project Managers (salário médio anual de 40 mil euros); Encarregados de Obra (salário médio anual de 35 mil euros) e Desenhadores Projetistas (salário médio anual de 25 mil euros).
 
Este é um mercado predominantemente dominado pelo sexo masculino, com a particularidade de existência de oportunidades de trabalho em países cuja cultura invalida o recrutamento de profissionais do sexo feminino. As competências mais valorizadas são as competencias técnicas ao nível de engenharia civil, acompanhadas por elevada experiência prática operacional, preferencialmente em obras de referência e por empresas reconhecidas no mercado. A capacidade de adaptação a culturas diferentes, a metodologias de trabalho distintas e a polivalência operacional em campo, completam os requisitos frequentemente indicados pelo empregador. De referir que o conhecimento da língua francesa assume uma importância considerável face à crescente tendência de projetos de construção na zona do Magrebe.
 
A Msearch, empresa com conhecimentos profundos nos serviços de Recrutamento e Seleção Especializado, Assessment, Career Management, Executive Search e Outplacement procurou fazer uma análise cuidada dos setores onde atua, de modo a fazer a sua caraterização.
 
“Que funções são mais procuradas em cada área? Quais as competências que os empregadores mais valorizam? Quais os valores de remuneração praticados? Pretendemos, com este documento responder a estas questões, fazendo uma radiografia ao mercado de trabalho atual” explica Alexandra Andrade, Managing Director da Msearch. “Sentimos que o clima económico ainda é desafiante mas que algo está a mudar. Depois de um período de desinvestimento, as empresas voltam a contratar, procurando pessoas que façam a diferença na sua organização”. Conclui.
 
 
Service Trabalho Temporário Sourcing Outsourcing Training Consultoria, Formação e Eventos Msearch Recrutamento e Selecção Medical Outsourcing na área da Saúde Upgrade Outsourcing na área das TI Field Marketing